SlideBar

sábado, 14 de novembro de 2015

Minha Primeira Horta - Relatando o início da horta

Dando continuidade ao assunto que super me envolve esses dias, falarei sobre o que vou plantar na horta selvagem, algumas dicas que descobri sobre compostagem, como melhorar a condição para o crescimento das plantas, um bichinho que surgiu por aqui e muito mais!

Crista-de-galo, Heliotropium Indicum

Para começar a horta não é preciso muita coisa, basta terra, sementes, enxada (ou pá se for pequeno) e muita disposição. O resto a gente consegue aos poucos, damos a ajudinha, e quem faz todo o trabalho é a natureza, não se preocupe.

Claro que vistoriar todos os dias, podar folhas doentes e regar nos dias quentes faz parte do nosso trabalho. Mas você se surpreenderá ao ver seu primeiro brotinho rasgando a terra que você afofou com tanto carinho!

Uns 4 dias atrás afofei um pedaço de terra e plantei sementes de girassol germinadas. Regava e em menos de 3 horas a terra já estava seca e dura. Era preciso afofar a terra novamente, a plantinha não conseguiria atravessar aquele solo, mas isso era prejudicial para ela caso eu machucasse suas raízes.

Terra seca e dura onde o girassol está plantado
Acho que minha terra é mais argilosa, o que não é ruim, quando minha compostagem estiver pronta creio que a terra ficará perfeita! Bom, é importante proteger a terra, principalmente para os futuros brotos. Então a dica é colocar uns 7cm de matéria seca (folhas secas, palha, serragem, etc) em cima da terra.

O mato que arranquei do terreno serve de proteção para plantas e a composteira!

Resultado: Terra úmida e macia mesmo depois de horas.
Isso é muito importante pois protege a terra da força da chuva, mantém ela úmida evitando rachaduras e que fique dura. Assim se mantém um local ideal para manter a terra úmida e a semente brotar!

Outra opção bem bacana, e eu acho ser mais segura (algumas plantas só podem ser plantadas assim!) é fazer brotos em um local cuidado 100% por você até os brotos terem o tamanho ideal para serem transferidos ao solo, onde ficarão definitivamente.

Você pode fazer em copinhos descartáveis, ou caixas de ovos vazias, potinhos, etc. Vou explicar sobre isso com mais detalhes futuramente.

Se você não sabe por onde começar sua horta, eu recomendo que escolha coisas que você come diariamente e coisas que você tem vontade de comer, mas não consegue pelo preço ser alto ou ser um produto difícil de encontrar.

A partir disto, pesquise e veja qual é a estação dessas plantas e a forma de plantar. Isso é muito importante! Não adianta afofar a terra, sair jogando sementes e regar todo dia, é preciso olhar cada sementinha com atenção, saber que cada plantinha precisa de certos cuidados.

Como estamos na primavera, nessa estação plantarei Cenoura, Batata-Doce, Abóbora, Berinjela, Girassol, Erva-Doce. Além de contar com um pé de acerola, uma goiabeira bebê e semente de maçã germinando. Se eu conseguir as sementes, também Camomila, Gergelim e Pimenta Dedo de Moça.

Para o solo é importante ter uma diversidade de plantas no mesmo local, assim não é preciso aquele tempo de descanso. Algumas plantas sugam nutrientes, outras doam, por isso a diversidade é importante. Além de ter plantas perenes (que duram o ano todo) e não perenes (que precisam ser plantadas sempre).

A abóbora é perene a berinjela também dependendo do local. O girassol faz parte das plantas que adubam o solo. As cenouras precisam ser plantadas sempre. As outras escolhi pois está na época e eu adoro elas!

Meu terreno capinado, só deixei as PANCS e plantinhas de adubação verde.
Foram 3 dias, mas consegui capinar todo o verdadeiro mato do terreno! Agora farei os brotinhos para depois passá-los para a terra. Isso levará cerca de um mês até eles terem o tamanho ideal, portanto minha horta será sem graça por mais um tempinho, rss. Enquanto isso estou enchendo a composteira de chão, quando estiver pronta terei uma terra adubada.

Alimentando minha composteira de chão!
Creio que em seis meses esse terreno estará vivo!

Enquanto eu capinava, sabem quem apareceu? Não sei ao certo, parece o bicudo, o bicho da palmeira, mas não tem palmeiras por aqui... Depois da sessão de fotos deixei o bichinho em paz e segui meu trabalho!

Bichinho no pé da minha goiabeira.

Provavelmente é o bicudo.

As cochonilas apareceram por aqui também... mal comecei a horta selvagem e já tenho problemas. Eu iria aplicar o remedinho ontem, mas choveu. Se não chover, aplicarei hoje!

Cochonilas na minha plantinha!
E enquanto isso, já tenho umas cenouras e maçãs germinando!

Todos os dia vou olhar o terreno, e os girassóis ainda não deram as "caras", hehe, estou ansiosa e talvez um pouco aflita. Com medo deles não terem vingado. Quero olhar logo pela janela e vê-los lindos e radiantes!

Por hoje é só! Mas em breve tem mais!

*Atualização da horta dia 12/11/2015
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...